A Troca: só se for por Angelina Jolie

imagem1

No domingo, fui assistir o novo trabalho de Clint Eastwood. Novo nada! Ele até já tem outro na praça, o Gran Torino, mas Changeling (A Troca) apresentado lá em maio no Festival de Cannes, só veio estreiar no Brasil na última sexta. O filme conta o drama de Christine Collins (Jolie) na busca por seu filho raptado. Na tentativa de acalmar os ânimos da opinião pública, a polícia entrega um outro menino parecido, mas a mãe não se engana e esgotadas todas as possibilidades de negociação para continuar as buscas, ela vai a imprensa declarar que o menino entregue pela polícia não era seu filho. O caso se passa na remota Los Angeles da década de 1920. 

Tudo isso é pano de fundo. Eastwood quer mostrar mesmo a corrupção e os abusos da polícia de Los Angeles daquela época. Para isso, o diretor não economiza nos esteriótipos dos personagens e coloca o departamento de polícia como sendo uma instituição muito do mal. Não raro foi o uso de luzes, deixando meio rosto iluminado, meio rosto escuro do  capitão da polícia Jones (Jeffrey Donovan). Em contrapartida, o Reverendo Gustav Briegleb (John Malkovich) se mostra como um defensor da causa e não mede esforços em seu programa de rádio para incitar a revolta na população sobre o caso.

Confesso que em algumas partes – principalmente na hora em que um dos meninos reconta a tentativa de fuga do cárcere do maníaco – não há como não recordar de Sobre Meninos e Lobos, do mesmo diretor. Apesar de alguns pontos questionáveis, Eastwood não dá ponto sem nó. Explica todas as tramas do filme e nos deixa ainda mais apaixonados por Angelina Jolie que além da atuação convincente de mãe-desesperada-para-encontrar-seu-filho consegue seduzir com sua beleza matematicamente perfeita. E a cena que fecha o filme é esteticamente demais!

O site oficial do filme, aqui.

2 respostas para A Troca: só se for por Angelina Jolie

  1. Frank disse:

    Cárcere do maníaco? Opa cocoloko…..estragar o suspense não vale!!!!!!

  2. […] BS MOVIES  Cecilia Barroso CENAS DE CINEMA  Felipe Rocha INDUBITAVELMENTE  Fernando Império CINEBUTECO  Gustavo Bezerra FINA IRONIA  Helio Flores CINEFILIA.COM  Kamila Azevedo A TROCA  Lucas Garcia […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: