Os parisienses de Paris

Já foi assistir Paris? Eu recomendo que vá. Ontem, entrei na sala de cinema sem muitas referências do filme, exceto pelo fato do elenco contar com uma das coroas mais bonitas da atualidade: Juliette Binoche. A bela francesa já tinha feito outro filme sobre sua cidade natal: Paris Je táime, no episódio sobre Places Des Victories.

Paris é do diretor e roteirista Cédric Klapisch e apesar de estar em cartaz atualmente, o filme é de 2008, e só agora as distribuidoras resolveram colocar no circuito. Fiquei pensando se não seria mais um clichê sobre a deslumbrante cidade de Paris, mas não! Paris se passa no outono, ou seja, tempo feio e chuva quase o tempo todo no filme. Só isso, deixa a história mais introspectiva.

Além disso, Paris não é um filme de turista, pelo contrário, é um filme que fala de parisienses e daqueles que pretendem se tornar parisienses. No melhor estilo de dividir a história em núcleos de personagens, como Crash – No Limite e Babel, Cédric Klapisch nos mostra um roteiro complexo e muito bem costurado, entrelaçando momentos de comédia, como nas cenas dentro da padaria e também drama como o vivido pelos irmão Pierre (Romain Duris) e Élise (Juliette Binoche). Elementos interessantes que faz com que a história fique equilibrada e bem intensa, gerando uma curiosidade sobre o desfecho de cada personagem.

Ponto positivo: O filme tem uma bela fotografia, boas atuações e a impagável cena do professor de História, Roland Verneuil (Fabrice Luchini) improvisando uma dançinha tosca e engraçada para sua aluna. Ponto negativo: o filme é um pouco longo e quando você espera um final triunfante, aí vem a decepção porque parece que acaba sem um ponto final. Fica muito mais poético do que conclusivo. De qualquer jeito é um ótimo programa para o fim de semana.

9 respostas para Os parisienses de Paris

  1. Juliaaa disse:

    Fer… to desempregada acredita???
    manda email no meu ju_lia10@hotmail.com
    saudades🙂

  2. Humberto disse:

    Êita, você e essa mania de contar o final do filme (hehehe). Vou ver também. Abs.

  3. cinebuteco disse:

    Contei? =X

    Não, não, vale a pena ver! rsrsrsrs…

  4. Vinícius P. disse:

    Adorei os filmes anteriores do Cédric Klapisch e por isso mesmo fiquei bem curioso em relação a esse “Paris”, sem falar na presença do ótimo Romain Duris no elenco.

  5. Graziela disse:

    Valeu pela dica, esse vou querer conferir.

    Abs.

  6. oi Fernando, vejo que vc é cinéfilo mesmo hein? legal o blog, vou passar sempre por aqui =]

  7. cinebuteco disse:

    Oi Graziela,
    Acho que vai gostar, ainda mais que vi no seu blog que está na cidade, né?
    Obrigado pela visita.
    Abs

  8. cinebuteco disse:

    Oi Roberta,
    Obrigado pela visita! Volte sempre🙂

  9. Chico disse:

    Um filme poético, reflexivo e de acordo com as características que envolvem os vários tipos de relacionamento! PARIS…TE AMO.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: