Marion “camaleón”

setembro 30, 2009

Marion Cotillard e suas diversas encarnações no cinema:

Oscar de melhor atriz no Oscar 2008 por Piaf

marion5Piaf (2007)

marion1
Inimigos Públicos (2009)

marion3
Nine (2009)

marion4

Hoje, Marion Cotillard comemora 34 anos. Atenção nessa moça francesa. Ela tem TUDO para ser um dos maiores nomes do cinema. Para recordar, o discurso no Oscar, o mais belo da década de 2000. Confira!

“You rocked my life”

Anúncios

Semelhanças que adoramos – parte 4

setembro 30, 2009

semelhancas

Teria a misteriosa Maryann de True Blood agido sobre o Gato de Botas de Shrek? Nunca duvide da capacidade dessa mulher…

Veja outros Semelhanças que adoramos.


Neil Gaiman, O Senhor dos Sonhos

setembro 29, 2009

Cicero Melo

NeilGaiman

Você já assistiu Stardust? Beowulf? Coraline? Mirrormask? Sabe o que esses filmes tem em comum? Foram escritos ou baseados na obra do Incrível Neil Gaiman.

Agora se você é fan de HQ ou literatura mesmo, também deve ter ouvido falar de outras obras, como por exemplo, Sandman, que é até hoje sua criação mais aclamada!

 endless_nights

Sandman é, como uma vez li em uma de suas próprias HQs, um sonho dentro de um sonho. É focado principalmente nas aventuras de Morpheus, o Senhor dos Sonhos. Habitando o universo onírico, ele consegue controlar o nosso destino através de nossos sonhos, junto com seus irmãos, os Perpétuos: Destino, Delírium, os gêmeos Desespero e Desejo e, a preferida entre nove de 10 leitores, a intrigante Morte!

endless05

No Brasil foi publicada de 89 a 98, e conseguiu a façanha de quebrar o preconceito de que HQs podem ser lidas por adultos que não se interessam por super heróis. Além de serem recheadas de muita ficção, suspense, drama, romance, comédia… Conseguiu captar o imaginário dos leitores com milhares de referencias Cult / Pop possíveis e imagináveis até então para uma HQ… Ainda lembro-me de como Lúcifer se parecia com o David Bowie… A Morte, saída de um videoclipe do The Cure, sem contar as citações literárias em praticamente todas as edições. O Visual Gótico servia de referencia até aos desenhos de Tim Burton, outro grande ícone do estilo. Mas a grande diferença é que, não só o visual, mas o conteúdo das tramas nos fazia viajar!

morte1

Foi a primeira HQ a figurar na lista do New York Times na categoria de livros mais vendidos! Tem noção do que é esse feito para um “gibi”? Claro que temos que também reconhecer o belíssimo trabalho de seu companheiro e ilustrador Dave McKean.

101059

Trabalhando nas capas com bases fotográficas, seus trabalhos são dignos de figurar em galerias de Arte, e fazem o contraponto perfeito a narrativa e ao estilo de Gaiman. Fica a dica para quem nunca leu: “A Casa de Bonecas“, “Fábula e reflexões” e “Noites se Fim“.

mirrormask 

No cinema, dentre os filmes citados a cima, destaco “Mirrormask”, no Brasil “Máscara da ilusão“. Filme que saiu diretamente em DVD por aqui, mas que, principalmente para quem não conhece, é uma maneira única e maravilhosa de entender o estilo mágico e misterioso de Neil Gaiman. O filme conta a historia de Helena (ótima Stephanie Leonidas) que vive no Circo, mas sonha em sair desse universo e viver no “mundo real”. Um dia sua mãe fica muito doente e na véspera de sua operação Helena sonha que está em mundo mágico comandado por duas rainhas, sendo que uma delas também se encontra muito doente, ela então parte em uma jornada para encontrar a Mirrormask para salvá-la. Sonho, realidade, espelhos… Com o tempo a garota começa a se questionar se aquilo é realmente um sonho! Impressionante!

 coraline1

Você pode encontrar muitos paralelos entre Mirrormask e Coraline. Outra obra-prima em computação gráfica. O filme narra à história de Coraline, que, depois de encontrar uma porta secreta em sua nova casa, conhece um mundo alternativo ao seu do outro lado. Onde seus pais são extremamente mais atenciosos e tudo parece bem mais colorido e mágico. A única diferença é que no lugar de olhos eles possuem botões em seus rostos. Bizarro, não é? Mas ao mesmo tempo é intrigante e, conforme o desenrolar da trama, espetacular! Sem contar a trilha, que fica na cabeça muito tempo depois do filme… Animação que eu não considero para crianças, embora a lição que passa sobre valorizar os nossos pais pode vir muito a calhar aos pequeninos!

 draft_lens1965775module9342411photo_1209579784stardust_poster

O último que vale a pena uma olhada é a Fantasia Stardust! Elenco Hollywoodiano em um filme que lembra as maravilhosas sessões da tarde dos anos 80, no estilo de “A Lenda” e “Willow”. Numa produção caprichadíssima, vemos Michelle Pfeiffer como uma bruxa que persegue a bela Claire Danes (a estrela cadente do título) para comer seu coração e ter com isso juventude eterna. Muita aventura, comédia e romance. Vale chamar a família inteira. Atenção ao papel de Robert Deniro, quebrando um de seus maiores estereótipos!

*** 

Dave McKean Beja

E o que o futuro reserva para as criações do Mestre dos Sonhos? Correm boatos há anos que ele estaria produzindo e que provavelmente assumiria a direção do filme de Sandman.

Esperaremos pacientemente e enquanto isso sonharemos com uma produção com potencial de série a lá Senhor dos Anéis no reino de Morpheus! 


Que tal… Juliane Moore?

setembro 29, 2009

julianne_oscar

As manhãs de setembro já se vão e logo em breve inicia-se as campanhas ao Oscar. Serão diversas premiações até o dia 07 de março de 2010, quando ocorre a festa máxima da indústria cinematográfica.

Um dos filmes de maior repercussão até aqui é A Single Man. O ator inglês Colin Firth [Diário de Bridget Jones] levou o prêmio no Festival de Veneza de melhor interpretação masculina. Mas, desde o Festival de Toronto, os críticos também chamam a atenção para Juliane Moore.

A atriz faz parte das grandes que ainda não levou a estatueta. Até ano passado, Kate Winslet era a mais lembrada como ‘azarona’, mas saiu da fila este ano por O Leitor e agora em A Single Man, Juliane Moore tem a oportunidade de pular para o outro lado do muro, aquele em que os poucos gozam do dourado sabor do reconhecimento máximo da academia.

As chances são consideráveis: talento a gente sabe que ela tem de sobra. O filme de Tom Ford parece ser sensacional. Pelo trailer, Juliane Moore está fantástica, num papel que parece lhe cair muito bem. O principal desafio de Juliane Moore, ao meu ver, é conseguir ultrapassar o hype em cima de Mo’nique, que faz a mãe abusiva de Precious, altamente elogiada em Sundance e  Cannes.

Só para lembrar: Julianne Moore já tem 4 indicações ao Oscar. Em dezembro, ela completa 49 anos. Em 81 anos de Oscar, a academia premiou apenas 8 vezes mulheres acima dos 50. Tá na hora, Julianne!!!


Penelope Cruz na Vanity Fair de novembro

setembro 28, 2009

penelope-cruz-vanity-fair-november-2009

A Vanity Fair, uma das revistas mais legais sobre ensaios fotográficos coloca na capa de novembro ninguém mais, ninguém menos que Penélope Cruz. A bela espanhola é uma das atrizes que estão super em alta em Hollywood atualmente.

É ela quem ganhou o último oscar na categoria atriz coadjuvante pela atuação memorável em Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen e agora está em seu quarto filme de Pedro Almodovar, Los Abrazos Rotos, ou se preferirem, Os Abraços Partidos. Sem contar na participação do grandioso Nine, de Rob Marshall, que pelas primeiras imagens do filme aparece deslumbrante.

Fotografias de Mert Alas e Marcus Piggott. O figurino é de Jessica Diehl.

penelope-cruz-0911-pp13
penelope-cruz-0911-pp14
penelope-cruz-0911-pp15
penelope-cruz-0911-pp16

É… eu sou fã incondicional dessa aí e fica difícil ser imparcial no texto.


Julia

setembro 28, 2009

julia_xl_02--film-AJulia
EUA, 2009 – 143 min.

Mais um trabalho fabuloso de interpretação da atriz Tilda Swinton que incorpora o papel de Julia, uma mulher fora dos padrões “normais” da sociedade americana. Aos 40 anos, Julia é solteira, leva as coisas a “Deus dará” e ainda por cima alcóolatra. Sua vida parece patinar e por mais que o amigo Mitch (Saul Rubinek) tente ajudá-la – ele também fora alcoólatra – Julia acha que o cara quer mesmo é seduzí-la.

Mas de tanto ouvir as recomendações de Mitch, Julia acaba indo a um centro de ajuda a alcólatras, algo similar ao AA. Lá, encontra Elena, uma mulher que coincidentemente é vizinha de janela de Julia. Apresentando um comportamento, anormal, Elena propõe um plano mirabolante à Julia de recuperar o filho, cuja guarda está com o avó paterno desde que o marido de Elena tinha morrido.

Apesar de insano, Julia que está desempregada e sem perspectivas de futuro, mergulha de cabeça no plano proposto por Elena, só que de um jeito ainda mais perverso. O desenrolar desse plano maluco, você fica sabendo quando assistir ;).

O diretor francês Erik Zonca acerta na maioria das cenas, mas é infeliz no final do filme porque retrata o povo mexicano de forma muito caricatural e preconceituosa, o que na minha opinião, prejudica e muito a avaliação do filme.

Os elogios, contudo, ficam todos por conta de Tilda Swinton que assumiu a bronca de um papel dificílimo e soube dar agressividade e simpatia ao personagem na medida certa.

Nota: 8,0/10.


Clint Eastwood está de volta

setembro 25, 2009

invictus

Já em fase de pós-produção, Invictus é um olhar sobre a vida de Nelson Mandella depois da queda do Apartheid na África do Sul, época do seu primeiro mandato como presidente, quando fez campanha para sediar o Mundial de Rugby 1995, numa oportunidade para unir a seus conterrâneos.

As primeiras críticas foram super positivas e o pessoal do cinema está de olho grande no filme, principalmente depois da injustiça que a academia cometeu ao simplesmente ignorar o ótimo Gran Torino na última temporada. Mas que isso, a parceria Morgan Freeman e Matt Demon parece estar afiadíssima. O primeiro como Nelson Mandela e o segundo como o jogador de rugby Francois Pienaar.

Invictus ainda nem tem trailer e a única imagem até agora divulgada é esta que está aí em cima do post. Estreia em dezembro e deverá ser mais um título que estará entre os premiáveis.

Outra notícia que percorreu os sites especializados de cinema revela que mal acabaram Invictus e Clint e Matt estarão juntos de novo em “Hereafter”, roteiro de Peter Morgan (Frost/Nixon). De acordo com o site Hollywood Reporter, as filmagens já têm data para começar e será algo “sobrenatural”, mas não deu maiores detalhes. Resta-nos acompanhar de perto.