Salve Geral vale Oscar?

SalveGeral

“Não que o filme seja ruim, mas inapropriado para representar o Brasil na categoria Melhor Filme Estrangeiro no Oscar”, pensei depois de assistir Salve Geral, de Sergio Resende [Zuzu Angel, Guerra de Canudos]. Em mais uma tentativa de retratar a sociedade brasileira pela violência, o filme inova na direção de algumas cenas e contém tomadas de câmeras bem interessantes da cidade de São Paulo, mas peca gravemente na interpretação de alguns personagens.

Salve Geral volta a maio de 2006, mês em que ocorreu uma série de ameaças a bombas e rebeliões nos presídios do centro-sul do país, sobretudo no Estado de São Paulo. Andrea Beltrão é Lucia, uma moradora da periferia da cidade, bacharel em Direito que dá aulas de piano e vê sua vida pacata e, até sem graça, dar uma reviravolta com a prisão de Rafa (Lee Thalor), seu único filho. A partir daí, uma série de fatos se sucedem, com final surpreendente.

Um lado bacana de se comentar em Salve Geral é a discussão entre a linha tênue que separa o correto da ilegalidade. Neste sentido, fica mais fácil entender a complexidade do ser humano feito de sentimentos ambíguos que misturam, ao mesmo tempo, mesquinhez e caridade, compaixão e ódio.

Salve Geral serve também para ilustrar o poder de organização e força política dos presos nas cadeias paulistas e como mesmo de dentro das grades, possuem forte voz de comando fora dos grandes muros.

Ingredientes interessantes para uma boa receita, Salve Geral tem de sobra, faltou digamos o tempero. Atuações dramáticas de Denise Weinberg e Lee Thalor revelam interpretações exageradas, boas para o teatro, mas forçadas demais na tentativa de registrar a realidade, assim como se pretendia Salve Geral.

Minha sensação é a de que Salve Geral não passe nem da primeira triagem da academia.

Nota: 7,5/10.

5 respostas para Salve Geral vale Oscar?

  1. Dewonny disse:

    Deviam de ter escolhido “Besouro” pra nos representar, ñ levo fé nesse..
    Ah, mandei o email q vc pediu, no site q passei vc tem q baixar todas as partes do filme e depois zipar na primeira pra juntá-las, qualquer dúvida me pergunta no email..
    Abs! Diego!

  2. Amanda disse:

    “Minha sensação é a de que Salve Geral não passe nem da primeira triagem da academia.”

    Concordo. Acho quase impossível estármos lá ano que vem. É um bom filme, mas não é fantástico, nem inovador.

  3. Amanda disse:

    Oi, Fernando, não sei se é muito a de vocês, mas dei um selo ao Cine Buteco lá no meu blog.
    Abraços

  4. […] Império CINEBUTECO “Um lado bacana de se comentar em Salve Geral é a discussão entre a linha tênue que separa […]

  5. jose carlos disse:

    aonde encontro este filme para baixar pois a dias que epsquiso na net e nada de encontra-lo
    desde ja muito grato
    PISCA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: