Distrito 9

Filmes de ação sempre são um bom programa para colocar a adrenalina para circular no corpo. Distrito 9 não foge à regra, pelo contrário, exagera. Os primeiros 30 minutos é um frenêsi de takes curtos aliado ao efeito de câmera balançando, numa tentativa já manjada de querer imitar os cinegrafistas do jornalismo diário.

A criatividade de Distrito 9 está em inverter a lógica sobre filmes com extraterrestres. Normalmente, a vítima de ataques somos nós, pobres terráqueos indefesos. Desta vez, são eles os capturados, depois que a nave deles, uma geringonça bizarra estaciona no céu de Joanesburgo, capital da África do Sul e cidade natal do diretor do filme, Neil Blomkamp.

district-9-trailer-grab-1024x550

Mas a escolha da África do Sul pode ter outro motivo: o apartheid entre humanos e extraterrestes, apelidados pejorativamente de camarões. Eles ficam confinados no Distrito 9, num lugar muito parecido com um lixão. Os “camarões” ainda são extorquidos por nigerianos que trocam latas, considerado alimento pelo extraterrestres, por dinheiro ou arma.

425.2.district9.lc.071309

O que impressiona mesmo em Distrito 9 são os efeitos especiais, bem produzidos por Peter Jackson e extremamente realistas. Mas, o filme peca ao levar sentimentos típicos de mamíferos aos extraterrestres que é o apego ao filho, o amor, a compreensão e o ódio pelo inimigo. Aí, Distrito 9 cai em qualidade na minha opinião, que sou lá não muito fã de estórias de ficção cientícas absurdamente fantasiosas.

district-9-warning

Quem gosta de ação é uma boa pedida. Dificilmente, você ficará mais de cinco minutos sem ouvir tiroteios e explosões. Se você for mais calmo e ainda fã de Peter Jackson, então sugiro que espere mais um pouco para a próxima estreia dele: The Lovely Bones.

Nota: 7,5/10.

10 respostas para Distrito 9

  1. Olá! Ainda não fui conferir, mas está na minha lista com certeza! Abs!

  2. Gustavo H.R. disse:

    Como gosto de ação e não muito de Peter Jackson, D9 parece mesmo uma ótima pedida!😉

  3. Amanda Aouad disse:

    Tá na minha lista de prioridades, vou ver ainda essa semana e volto para comentar.

  4. Tom disse:

    Eu, com certeza, verei! deixa só a minha coluna deixar…

  5. luis galvão disse:

    um filme realmente barulhento, mas que sabe unificar tão bem as mazelas da áfrica com o desenvolvimento do personagem, que para mim, foi ótimo chegar em um final aberto, com deduções e suposições do que acontecerá e um futuro incerto (algo que remete muito bem aos dias atuais, no qual ninguém sabe ao certo onde toda essa violência, descaso e discriminação vai acabar)

  6. cinebuteco disse:

    Pessoal, a Isabela Boscov, crítica da Revista Veja fez uma interpretação BEM interessante do filme. Vale a pena conferir: http://veja.abril.com.br/blog/isabela-boscov/cinema/distrito-9/

  7. Dewonny disse:

    Até agora é o filme do ano, disparado o melhor até aqui lançado, já tinha comentado no meu. nota 9.0!

  8. Santiago. disse:

    Concordo contigo, e acrescento que achei o filme extremamente elementar, se não fosse a temática, não sei o que seria dele. Recomendo que as pessoas o vejam em casa, ir ao cinema para vê-lo não será uma boa experiência, ainda mais quando vi nesse ano, Bastardos Inglórios.

    Abraço.

  9. […] Império CINEBUTECO “O filme peca ao levar sentimentos típicos de mamíferos aos extraterrestres que é o apego […]

  10. bigdad disse:

    O filme é legal, inteligente, bem movimentado, a sacada de finalmente os aliens escolherem outra cidade prá atasanar foi ótima. Mas o roteiro deve ter se “inspirado” em Alien Nation de 1988, com James Caan e Mandy Patinkin, que já falava do racismo anti aliens (que caem na terra numa condição semelhante aos camarões do D9). De longe os camarões do P Jackson são mais criativos, repulsivos e beligerantes. Mas que Alien Nation mostrou o caminho, com seu tom de Sci Fi misturado com policial isso ninguém duvida. Vale a pena conferir. O fim em aberto dá a cancha prá mais camarões invadirem a nossa praia. E aquele traje robô que detona os cowboys da MNU é um arraso. Queria um prá mim prá pilotar em são paulo…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: