Preciosa

Um Estados Unidos que NÃO estamos acostumados a ver. Esta foi a principal conclusão que tirei, logo após assistir Preciosa, ótimo filme do diretor Lee Daniels. Para ser sincero, esperava mais do filme. É que expectativa é uma m****. Você vê falar bem, cria um monte de coisa que nem existe e pronto, vai assistir e se decepciona. No caso de Preciosa, achei o filme um pouco parado sem muita ação, sonolento mesmo.

O filme conta a história de uma adolescente pobre, obesa, mãe de uma filha com síndrome de down, grávida de outra criança, negra, abusada sexualmente pelo pai, fisico e moralmente pela mãe. Uma completa desgraçada! Preciosa faz a gente acreditar na força que existe dentro de nós quando tudo parece sem solução. Gabourey Sidibe que vive a adolescente Clareece Precious Jones vem muito bem no papel principal, expressando toda indiferença por perspectivas de melhorias na vida sofrida que leva.

Mas é a mãe de Clareece, Mary, vivida por Mo’nique que brilha. Ela tá perfeita no papel de mulher amargurada e chega até ser engraçada, tamanha sua interpretação marcante, principalmente nas discussões com a filha. Agora, um pause: Mo’nique é Oscar! Não tenho dúvidas… tive a mesma impressão quando assisti Vicky Cristina Barcelona e vi Penelope Cruz bi-polar falando em inglês e espanhol. A minha certeza de que Mo’nique também é ouro vem depois da primeira cena em que ela discute com Clareece. Perfeita e totalmente merecido!

Voltando ao filme, vale lembrar a participação dos cantores Mariah Carey e Leny Kravitz. No geral, não comprometem e nem brilham… passam ilesos. Preciosa é realidade dolorida acontecendo na parte obscura dos Estados Unidos, do Brasil e de muitos outros países. Um alerta de que a periferia das cidades está com sérios problemas psicos, sociais, estruturais, etc..

Nota: 9,0/10.

9 respostas para Preciosa

  1. Vinícius P. disse:

    Eu também esperava mais do filme, mas no meu caso penso que me decepcionei mais um pouco – apesar do filme ter vários elementos que se destacam, em especial o desempenho das atrizes.

  2. Eu assumo que fiquei com um tanto de preconceito ao saber que tinha Mariah Carey no elenco, e rola uma preguicinha de me deslocar até o cinema para ver esse filme. Quando o Tio Torrent trouxer, eu assisto em respeito a sua aposta em Mo’nique.

    Abração, rapaz!

    E um feliz comecinho de 2010.

  3. Luis Galvão disse:

    Também esperava mais. Tá certo que Lee mostrou que é bom e Sidibe – que não me agradou muito no começo, achava que ela só tinha uma cara e um bico toda hora, rsrs – merece também uma indicação.
    Já Mo’Nique…vou ser sincero, para mim é muito fácil para um ator gritar, esperniar, jogar televisão, falar palavrão e tudo mais. Para mim o verdadeiro talento é quando a fala sai naturalmente, sem ter uma veia pulando do pescoço, e quando assitia o filme não tava vendo uma só cena de Mary ‘desencarnada’. Mas daí chegou aquele depoimento na frente de Mariah, que…putaquepariu! Uma das melhores cenas do ano. Ali sim eu pude vê realmente uma vencedora do Oscar!

  4. Parece que o filme realmente está agradando a muitos, e com grandes chances no próximo oscar, alias suas vagas são confirmadas!

  5. Santiago. disse:

    Sobre as expectativas, eu deixei de ler críticas antes de ver os filmes, para não enviezar tanto a leitura que eu possa fazer dele, quanto o que eu possa vir a escrever.

    Sobre o filme, ele nem estava nos meus planos, até porque só será lançado no país no final do mês. Entretanto, após a sua “pause”, não posso deixar de assisti-lo.

    Abraço!

  6. Yuri disse:

    Também me decepcionei um pouco, como você disse expectativa é uma m*. Agora, achei que Lee Daniels fez um trabalho muito bem feito, principalmente com suas atrizes, Gabby Sidibe é muito competente e Mo’Nique está absolutamente incrível, concordo contigo, pra mim é Oscar (ainda não vi as adversárias, mas vai ser difícil). Abraços

  7. Gustavo H.R. disse:

    Dá-me água na boca. Parte da expectativa é descobrir as duas laudadas atrizes.

  8. Estou ansioso para ver este filme, mas também estou com o pé atrás e sua critica não mudou muito a minha condição (rsrs)

    grande abs

  9. disse:

    Finalmente sentei pra falar o que achei. Não sei se tivemos as mesmas impressões, mas achei um filme meio deprimente. Depois lê lá no meu blog.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: