Butecando o Oscar: Melhor Roteiro Adaptado

Talvez estejamos em uma das categorias mais abertas da edição 2010 do Oscar. O Globo de Ouro premiou Amor Sem Escalas, enquanto que o West (Writers Guild of America) escolheu Preciosa. Vamos a cada um dos indicados:

Distrito 9. O aclamado filme do estreante Neill Blomkamp é uma adaptação aos cinemas do game Halo. O roteiro é do próprio Blomkamp em parceria com Terri Tatchell. A história se desenvolve a partir da péssima relação entre humanos e extra-terrestres que chegaram por engano à Terra e aqui ficaram como prisioneiros. Tudo leva a crer que haverá continuação.

Educação. Quem disse que a vida precisa ser convencional? Seguir um caminho já traçado? Esta é, ainda que muito por cima, a ideia principal de Educação, do roteirista Nick Hornby que se baseou num artigo da jornalista inglesa Lynn Barber que relata a forma como esta, enquanto adolescente, foi seduzida por um homem mais velho.

In The Loop. Desta vez uma comédia no melhor estilo britânico sobre os percausos causados por um ministro após uma declaração numa estação de rádio de que a “guerra” é inevitável. A atrapalhada do político vai parar na ONU. Confusão na certa! Há quem diga que é uma cria do famoso Queime Depois de Ler, dos irmãos Coen. A equipe de roteiristas responsavéis por In The Loop é composta por Jesse Armstrong, Simon Blackwell, Armando Iannucci, Tony Roche.

Preciosa. Vida sofrida contada num tom panfletário. Este poderia ser um resumo básico do roteiro de Geoffrey Fletcher ao contar como o descaso e a falta de estrutura podem ser menores quando se tem vontade e amor. O filme ainda trás a luz o trabalho burocrático porém necessário do assistencialismo social dos Estados Unidos.

Amor Sem Escalas. Quer ver uma crônica dos nossos dias atuais em forma de filme? Assista Amor Sem Escalas. Relata com muita dignidade a crise que os Estados Unidos ainda estão passando ao focar na história de Ryan Bingham, um profissional especializado em demitir funcionários não tão essenciais de empresas em tempo de crise. Fala também sobre os relacionamentos, a vida corrida do dia-a-dia e os ensinamentos que podemos tirar de tudo isso. O roteiro é de Jason Reitman (que também é o diretor) e Sheldon Turner.

Quem deve ganhar e Torcida Cinebuteco:  Jason Reitman e Sheldon Turner – Amor Sem Escalas | Na briga: Geoffrey Fletcher – Preciosa | Zebra: Neill Blomkamp e  Terri Tatchell – Distrito 9

5 respostas para Butecando o Oscar: Melhor Roteiro Adaptado

  1. Gustavo H.R. disse:

    Hmm, torço por D9 mas sem ver os demais indicados não dá pra embasar a opinião. Pelo que li da sua matéria, parece que o filme do CLooney vai ganhar…

  2. Jack Lewis disse:

    Adivinha! Parece que este vai ser o único prêmios para com o meu favorito.

  3. Não acho que seja tão aberta como vc disse não Fernando. Acho que Amor sem escalas é o favorito absoluto aqui. Com chances modestas vejo Educação a frente de Preciosa.ABS

  4. Queria muito que Distrito 9 ganhasse essa categoria. Acho sublime o roteiro do filme, pena que vai para o sem graça Amor Sem Escalas.

  5. Pedro Tavares disse:

    Ainda não vi “Educação” e “In the Loop”. Por enquanto, votaria em “Preciosa”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: