Butecando o Oscar: Melhor Animação

Uma das categorias mais queridas do grande público porque afinal, quem é que não gosta de uma boa animação? Apesar de parecer gênero infantil, muita coisa já foi feita tendo apenas os adultos como foco, ou alguém se esqueceu de Persépolis ou Balsa com Bashir? E mesmo em tempos de revolução 3-D, apenas dois (Up e Coraline) desfrutam desta tecnologia, o resto tudo no bom e velho 2-D. Os indicados:

Coraline. Menina se muda com os pais para uma casa enorme e na descoberta das inúmeras portas do casarão, encontra uma passagem que vai lhe abrir para um mundo paralelo, onde querem mantê-la presa, como sua filha. Um dos filmes mais elogiados de toda a temporada. Henry Selick acertou em cheio ao propôr uma arte moderna e bonita, aliando boa história.

O Fantástico Sr Raposo.  Outro filme aclamado pela crítica e pelo público, Wes Anderson traz a história do esperto  Sr Raposo que aproveita a situação para roubar galinhas, patos e gansos  de três homens. Cansados de tanto ser lesados, decidem se vingar do bichano. O circo então é armado: de um lado, os homens e suas escavadeiras afim de exterminar o ladrão;  e de outro, Sr Raposo e sua trupe cavando túneis para escapar. Conta com grandes nomes na dublagem e se não tivesse Up como concorrente, certamente levaria tudo.

A Princesa e o Sapo. Apesar de toda a parafernália tecnológica e suas histórias mirabolantes, os estúdios Disney ousou em trazer um filme bem tradicional, com princesa e conto pra lá de majado. Deu certo! O público, principalmente o infantil, adorou a história da primeira princesa negra e mesmo com todo o jeitão de animação tradicional, desbancou concorrentes fortes como Tá Chovendo Hamburguer! e emplacou a indicação.

The Secret of Kells. Brendan, um menino de 12 anos, vai viver um grande aventura, repleta de ações e perigo pois terá que enfrentar os temidos Vickings e uma deusa serpente para conseguir chegar ao seu objetivo que é encontrar um cristal e assim terminar o lendário livro de Kells. Chama a atenção a arte diferente da animação de Tomm Moore.

Up.  Pete Docter conta a história do ranzina Carl Fredricksen que após a morte da sua mulher e o sentimento de solidão, decide fazer a grande viagem da sua vida. Nela, acaba descobrindo que um intruso acabou indo junto. Temas importantes como lidar com a frustração com alguém que se admira, amizade entre gerações e o conhecer o diferente e ver que não é tão diferente assim são algumas das boas mensagens que o filmes dos estúdios Pixar-Disney querem passar.

Quem deve ganhar: Up | Torcida Cinebuteco: Up| Na briga: —- | Zebra: Coraline e O Fantástico Sr Raposo

Uma resposta para Butecando o Oscar: Melhor Animação

  1. Jack Lewis disse:

    Essa categoria vem perdendo a graça, e nunca surpreende!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: