Butecando o Oscar: Melhor Canção Original

Muita gente acha que o Oscar vai para o intérprete, mas na verdade quem leva é o compositor e o letrista. Confesso que este ano, nenhuma canção me cativou muito, por isso, não tenho predileção por nenhuma delas. Os indicados:

“Almost There”. A música de Randy Newman para a Princesa e o Sapo tem melodia e consegue animar, tem também diversos momentos, ora é mais agitada, ora mais clássica. Mas, nada muito diferente do que a gente tá acostumado a ouvir de animações da Disney, enfim, uma boa canção, nada além disso. A canção está aqui.

“Down in New Orleans”. Outra indicação de Princesa e o Sapo, com nova composição de Randy Newman. O cara sabe mesmo fazer canções performáticas que caem super bem em animações que  tenham momentos de musicais. Apesar disto, na minha opiniãoa música é bem normalzinha, digo, para um leigo. A canção está aqui.

“Loin de Paname”. Bela canção do filme Paris 36. O compositor Reinhardt Wagner faz uma balada muito bonita em homenagem a cidade-luz que tantos amam. A lírica é de responsabilidade de Frank Thomas e não é preciso assistir ao filme para gostar da envolvente Loin de Paname. Vale a pena ouvir! A canção está aqui.

“Take it All”. Não basta ser a melhor atuação, coube a Marion Cotillard também a melhor canção do musical Nine. Maury Yeston é o responsável pela canção que além de bonita, ganhou uma roupagem muito provocante na voz da atriz francesa. Desta vez, ouvir e ver a cena faz toda a diferença e alí que Cotillard mostra mais uma vez porque é uma das melhores atrizes da atualidade. A canção está aqui.

“The Weary Kind”. Quem não gosta de um solo de violão? Parece cair como luva do tema de Coração Louco, que parece ter uma pegada country. A música é composta por Ryan Bingham e T Bone Burnett e quem ouviu vai se lembrar da trilha de Na Natureza Selvagem, que é pra mim, uma das melhores de todos os tempos. A canção está aqui.

Quem deve ganhar: The Weary Kind | Torcida Cinebuteco: Loin de Paname| Na briga: Take it All | Zebra: Almost There.

4 respostas para Butecando o Oscar: Melhor Canção Original

  1. Vinícius P. disse:

    “The Weary Kind” é a melhor na minha opinião e uma das poucas de tem um significância maior dentro do filme. Também é a favorita, visto que a competição não está das mais fortes.

  2. ooen disse:

    The Weary Kind, vem forte para a premiação, mas se formos olhar a cara que a academia fez para as canções, Loin de Paname vence.

  3. Torço desesperdamente por Take it all. Mas não vou ficar chateado se The weard kind ganhar.
    ABS

  4. Luis Galvão disse:

    Sou que nem Reinaldo e torço MUITO por Take it All, mas se o de Crazy Heart ganhar não acharei ruim;

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: