Cinema em Casa: Psicose

Cinéfilo que é cinéfilo, tem em sua carteira de filmes assistidos, todos aqueles ditos clássicos da sétima arte, certo? Confesso que tenho muito o que ver e não me intimido quando digo que não assisti um ou outro filme considerado ‘obrigatório’ para qualquer um que se arrisque em falar, mais ainda, quem se propõe a fazer um blog sobre cinema.

Então para melhorar meu retrospecto de clássicos venho assistindo com afinco a filmografia de Hitchcock: Spellbound – Quando Fala o Coração, Disque M Para Matar e hoje o tão badalado Psicose.

E para variar, mais um grande filme de suspense do diretor enigmático. O interessante de Hitchcock é o domínio que tem sobre o gênero, sem cair na mesmice. Apesar das histórias estarem ligadas a assassinatos e reviravoltas surpreendentes, elas são originais, com atuações bem dirigidas e se a técnica não é das melhores, devido a precariedade da época, o roteiro bem escrito compensa tudo.

Em Psicose, vemos a famosa cena do assassinato na banheira da atriz Janet Leigh. Apesar da cena não durar nem dois minutos, é ela que vem a mente quando falamos de Psicose. O filme não chega ser de terror, mas sustos podem surgir para os mais compenetrados. Apesar da bela cena, para mim Psicose se vale pelo final, com uma resolução pra lá de grotesca. E não poderia ser diferente, em se tratando de Hitchcock.

Estou apreciando muito assistir as obras do grande mestre. Quem tiver sugestões de filme bom dele e de outros diretores, vou adorar receber indicações. Os próximos serão Pássaros e Festim Diabólico.🙂

11 respostas para Cinema em Casa: Psicose

  1. Amanda Aouad disse:

    Bom, se você já está com Pássaros e Festim Diabólico na lista, indico outros que gosto muito: “Vertigo (Um corpo que cai)”, “O homem errado”, “Chantagem e confissão” e claro: “Janela Indiscreta”.

    Psicose é um clássico, já vi inúmeras vezes e recentemente, utilizei a cena do banheiro para uma apresentação na pós que fiz. Tem vários detalhes maravilhosos ali.

  2. Pássaros é o meu preferido. Vale muito a pena ver também Janela Indiscreta, Um corpo que cai e Intriga Internacional. São sensacionais.

    Há um Hitchcock também bem interessante, “O homem que sabia demais”. É dos seus primeiros filmes e tem no elenco Peter Lorre.

  3. cinebuteco disse:

    Amanda, tem como você mandar essa apresentação pra eu dar uma olhada? Fiquei curioso…😉

  4. cinebuteco disse:

    Meninas, obrigado pelas dicas! Vou assistir todos os que vocês indicaram. Valeu!!!

  5. Elton Telles disse:

    Hitchcock é um dos grandes cineastas ever! Até mesmo seus filmes mais fracos estão acima da média, porque o domínio narrativo e as imagens captadas por esse gênio são sempre uma aula de cinema.

    “Spellbound” envelheceu muito mal, foi a fase em que Hitch estava mais focada naquela fase mais freudiana, em que a psicanálise era presença carimabada em seus filmes. “Os Pássaros” é demais e “Psicose” faz parte, sem dúvida, do primeiro escalão de filmes do diretor. É um apuro linguístico fenomenal, a história, o suspense provocado… um dos desfechos mais sensacionais e surpreendentes da história do cinema.

    Cara, tu faz muito bem em ressucitar as obras de Hitchcock. Eu também tenho muitos, muitos que ver – principalmente os da sua fase inglesa. Mas recomendo 3 dos meus favoritos, que são “Interlúdio”, “Janela Indiscreta” e “Pacto Sinistro”. 3 filmes fabulosos!

    Boas sessões!

    ABS!

  6. Festim diabólico é ótimo. Um de seus melhores, vc vai gostar. Intriga internacional é outro obrigatório assim como Janela indiscreta.

    Sobre Psicose, o mais fantástico desse filme é a opção por eliminar a protagonista no meio do filme. Uma subversão narrativa das mais tenazes e que não diminui o nosso interesse pela fita. Algo que até hj não conseguiu ser reproduzido a contento. Nem por Gus Van Sant no remake hediondo que fez do filme.
    ABS

  7. Gustavo H.R. disse:

    OS PÁSSAROS é bem mais interessante que FESTIM, que por sua vez é um filme mais seco. Espero que tenhas visto PSYCHO sem saber da reviravolta, mas de qualquer maneira é um marco do icnema, obviamente!

  8. Humberto disse:

    E aí Fernando?

    Tô atrasadíssimo por aqui… tenho que ler e comentar tudo com calma, agora que a internet voltou.🙂

    Aqui, vi um filme bom domingo passado, não achei um post sobre ele. Já ouviu falar de “Pecado da Carne”? Tá em cartaz aqui na roça, achei muito interessante.

    Abrazos!

    P.S.: Link do filme: http://cinema.cineclick.uol.com.br/filmes/ficha/nomefilme/pecado-da-carne/id/16656

  9. cinebuteco disse:

    Obrigado a todos pelas recomendações. Vou assistir todas as indicações que encontrar e vou publicando os textos dos filmes assistidos.🙂

  10. Vinícius P. disse:

    Ainda não vi “Psicose”, o que se classifica como um dos piores pecados cinéfilos de uma longa lista que possuo, hehehe.

  11. Psicose é um primor, realmente. Sei que vão me apedrejar, mas a nova versão, com Anne Heche e Vice Vaughn também é muito boa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: