A vida sem Lost

Eu sei que este é um blog de cinema, mas todo mundo que acompanha Lost desde o começo está triste com o fim de uma das melhores séries que a televisão já produziu.

Triste porque ela acabou.  E sim! já dá saudades do “previously on Lost”, do roteiro bem intricado, dos personagens e suas personalidades tão marcantes. Os produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse conseguiram muito mais que audiência, conquistaram fãs mundo afora, que dificilmente deixarão Lost no esquecimento.

O final foi bom? Foi ruim? Não importa. O mito Lost continuará existindo nas brechas que não foram inteiramente solucionadas. E nós, que somos fãs, gostamos disso. Gostamos de saber que nem tudo foi desvendado, assim Lost permanecerá vivo em nosso imaginário.

Particularmente falando, o final foi satisfatório. O desfecho não é nenhuma grande revelação, mas ainda assim foi repleto de emoção. E aquilo que eu teimo em negar com as novelinhas da Globo, aconteceu comigo em Lost: fiquei íntimo dos personagens, conhecia-os como meus amigos. A separação agora vai ser difícil. Doideira isso, mas é real!

Para acabar o post, uma frase que resume tudo o episódio final e sintetiza Lost de maneira bem interessante:

Se aprendermos a viver juntos, não morreremos sozinhos

8 respostas para A vida sem Lost

  1. Amanda Aouad disse:

    Acho que inconscientemente, estou retardando essa despedida dolorosa, por isso, deixei para ver o episódio final hoje, quando ele vai ao ar na AXN. Bom ou ruim, a série marcou a história da televisão, sem dúvidas. Vai deixar muitas saudades…

  2. cinebuteco disse:

    A despedida é dolorosa mesmo Amanda e sim, vai deixar muitas saudades…

  3. Belo libelo Fernando.Assim como a Amanda,Tb vou ver o episódio hj. Apesar de estar bem “menor” do que antes, Lost vai, sim, deixar saudades…

  4. André C. disse:

    Acho que esta é a semana de todos nós declararmos o quando amamos e odiamos Lost, mas que ele nos fará falta! Ainda não coloquei o post sobre o último episódio, pois quero ver de novo, mas já deixei claro que é uma série que me marcou!

    Abraços!

  5. Humberto disse:

    Acredita que eu não vi todas as temporadas? Teria que começar tuuuuudo de novo. Na verdade, quando cansei dos mistérios, resolvi que só veria a série quando acabasse. Então tá na hora.😉

  6. A palavra que mais se ouve por aí é “agridoce”. Muita gente achava que Lost era uma série sobre mistérios e mitologia quando, na verdade, tudo se resumia ao amor. De amigos, de parceiros, de almas-gêmeas.

    Jack amava Kate, que amava Sawyer, que amava Juliet, que era amada por Ben, que acabou amando ficar com a ilha todinha para si ( mesmo fazendo uma parceira inusitada com Hurley ).

    Eu gostei muito do episódio final, apesar de alguns momentos previsíveis. O desfecho espiritual até que fez sentido, a julgar pela narrativa da série. Se puderam mostrar o passado/presente/futuro daquelas personagens, porque não mostrar o além-vida?

    Não concordo com alguns dos partidos que foram tomados, mas aprovo o conceito. Lost marcou a história por não temer a reação do público. E mesmo que a Disney tenha sua parcela de culpa nos rumos que a série vinha tomando, o mérito da obra permanece intocável.

    Para ser lembrada, e seguir adiante.

  7. SILVA1000 disse:

    QUERO VER LOST NA TV GLOBO

  8. SILVA1000 disse:

    É MARAVILHOSO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: