Big Girl You Are Beautiful

março 24, 2010


A grande menina descoberta por Oprah Winfrey era uma desconhecida há pouco mais de dois anos. Como num conto de fadas, lhe surgiu uma grande oportunidade, daquelas que só aparece uma vez na vida e ainda para pouquíssimas pessoas. Esperta, ela soube aproveitar a chance que lhe apareceu. O papel de Preciosa caiu como luva e de fato parece não haver outra pessoa melhor para encarnar a personagem que ela formatou tão bem a seu favor.

O que era sonho, virou realidade. Gabourey de repente começou a frequentar festas de astros e estrelas de que era fã. Muito mais que isso, foi reconhecida pela sempre tão exigente crítica e já pode falar que um dia esteve no mesma disputa por um Oscar ao lado de Meryl Streep, Hellen Mirren e Sandra Bullock. Agora, imagina como não fica a cabeça de uma jovem negra, obesa e longe, muito longe dos padrões de beleza estipulados por Hollywood? Imagina a milhares e milhares de atrizes e modelos que ser atrizes que gostariam de estar em seu lugar?

O desafio agora é conseguir outros papéis tão interessantes como foi Preciosa. Em 2010, ela estará na série The Big C, ao lado da também já indicada ao Oscar Laura Linney (A Família Savage), prevista para estrear em agosto. Será a oportunidade de Gabourey mostrar aos telespectadores que tem talento de sobra para viver outros papéis e contrariar a regra de que beleza é fundamental.

Anúncios

Precious: a força de Oprah Winfrey

setembro 21, 2009

precious-posterLife is hard. Life is short. Life is painful. Life is rich. Life is….Precious

No sábado foi anunciado o campeão da escolha de público no Festival de Toronto. Venceu Precious, filme que relata a vida de uma adolescente negra da periferia americana, grávida do segundo filho, analfabeta, obesa, abusada pela mãe e ainda assim com uma lição de vida para nos passar. A estória de Precius é baseada no livro Push, da escritora Sapphire.

O que os críticos discutiam após a revelação do prêmio é se a show-business woman Oprah Winfrey teria tido peso determinante na vitória do filme em que é produtora executiva. Ninguém se quer ousou tirar o mérito de Precious – que realmente parece ser muito bom – mas debatiam se a presença da apresentadora no Festival não foi fundamental para levar o prêmio.

Fato é que o filme ganha impulso extra para os próximos festivais é já é apontado como o sucessor de Quem Quer Ser Um Milionário?, filme que venceu o Festival de Toronto em 2008, e faturou 8 Oscars. Mas ao que parece, esta vitória de Precious não foi tão unânime como ocorreu no ano passado. Houve também muitos elogios a A Serious Man, A Single Man, The Informant!, Up In The Air, The Man Who Stare at Goats, entre outros. Vamos aguardar os próximos eventos para ver a performance desses filmes ou, se ainda, não surge um azarão!